FocoNews - Conectou, virou notícia!
Dá pra perceber pela foto aí de cima que este ponto de ônibus não recebe manutenção há algum tempo, né? Esse aí fica localizado na Avenida João Amadeu, na calçada do Proença Supermercados, bem na entrada da cidade de Jales. Não é a melhor impressão para passar para quem vem de fora, até porque muitas pessoas de fora que trabalham em Jales também precisam esperar os ônibus, justamente neste abrigo. Ele apresenta muitos sinais de sujeira, ferrugem e também está com o teto danificado.

O problema é que não é só um ou outro. É só dar uma volta pela cidade e perceber que a falta de cuidado e conservação também existem em outras paradas da famosa circular. Transporte este utilizado fielmente todos os dias por várias pessoas, principalmente focadas em sair de seus bairros e ir até o centro da cidade.

Por falar em bairros, alguns novos do município - como por exemplo o Conjunto Habitacional Honório Amadeu - começaram a fazer parte da linha do transporte público, porém sem sinalização das paradas para os moradores. Isso também acontece no bairro Nova Jales, e é de lá que vem uma das reclamações.

A moradora, em contato com a reportagem, manifestou que "existe uma necessidade de sinalizar aonde é que a circular vai parar. Isso pra quem é do bairro é muito importante. Mostra que pelo menos lembraram de indicar, principalmente para as pessoas que não sabem aonde são esses pontos e precisam esperar pelo transporte!". E ela tem razão!

Além dos pontos em estados críticos de conservação e da falta de abrigos nos bairros novos, ainda existe o problema dos pontos antigos - em ruas que a circular nem passa mais - continuarem instalados. Já pensou alguém sentar ali e o ônibus nunca mais chegar? Isso realmente causa uma confusão danada pra quem precisa utilizar o transporte público.

Fizemos um contato com o Secretário de Planejamento e Mobilidade Urbana da Prefeitura de Jales, Nilton Suetugo, que disse que a responsabilidade da instalação dos pontos é da empresa concessionária. Em uma renovação que foi feita com a empresa, ficou estabelecida a instalação de dez novos pontos. Ele ressaltou que a empresa de transporte coletivo está colaborando com a Prefeitura e já está passando nos novos bairros a título de parceria com a Prefeitura.

"O contrato atual foi feito pela Secretaria de Administração, porém o órgão responsável é a Secretaria de Planejamento e Mobilidade Urbana. Estamos fazendo inicialmente essa transferência e faremos todas as tratativas para poder solicitar a implantação dos novos pontos e aí atender as reclamações. Além também de reformar outros pontos que estão previstos dentro do contrato. Em um período de 1 ou 2 meses a gente resolve todos estes problemas!" - finalizou. 

O abrigo do Conjunto Habitacional Dr. Pedro Nogueira não abriga ninguém da chuva e do sol, até porque o teto não está mais alí:


Também recebemos reclamação vindo de um morador da rua Nossa Senhora das Graças, onde mais um abrigo mostra problemas:



Publique um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
FocoNews - Conectou, virou notícia!
FocoNews - Conectou, virou notícia!