FocoNews - Conectou, virou notícia!


Quem precisa abastecer o botijão de gás de cozinha está enfrentando dificuldades em encontrar o produto na cidade de Jales. A maioria das revendedoras já não possuem mais os botijão à disposição dos seus clientes. O problema também acontece em outras cidades da nossa região.

Atrás de um botijão durante dois dias, a consumidora Silvânia Cristina disse ao FocoNews que está preocupada com a falta de gás: "Meu vizinho comentou que comprou em uma distribuidora. Fui até lá e tinha acabado em poucos minutos! Andei a cidade inteira, fiz várias ligações e não encontro. Realmente é preocupante!", contou.

Em contato com pelo menos quatro distribuidoras de gás em Jales, a reportagem constatou a falta do produto e até mesmo de um prazo por parte das empresas: "Não estamos recebendo e também não temos previsão para a chegada do gás!", disse um empresário, que concluiu que "está em falta porque muitas pessoas estão procurando, ai quando chega, acaba!".

Uma outra empresa disse que a previsão de chegada do gás em seu estabelecimento está para, no mínimo, ser na próxima segunda-feira.


Preço

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), orientou a Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-SP) nesta quarta-feira (1º) a atuar pela garantia da venda do botijão de gás pelo valor de até R$ 70 durante o período de pandemia do coronavírus.

“O preço do botijão de gás, no limite, é de R$ 70. Não é nem R$ 71, nem R$ 72, nem R$ 80. Em uma situação como a que estamos vivendo, R$ 10 fazem muita falta. O Procon-SP está autorizado a agir, de acordo com a lei, para proteger o interesse público, especialmente da população de baixa renda”, disse Doria.


Receba diariamente o FocoNews em seu WhatsApp
Salve o nosso número e envie "notícias" para (17) 99623-1183 para receber as informações do FocoNews diariamente em seu celular.

Publique um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
FocoNews - Conectou, virou notícia!
FocoNews - Conectou, virou notícia!