FocoNews - Conectou, virou notícia!

Ainda repercutindo o esclarecedor áudio gravado pela Dra. Sandra Marcondes Carazzo, responsável pelas cirurgias ambulatoriais do AME - Jales,  e disponibilizado para a imprensa na tarde da última sexta-feira, 22 de agosto, que chamava a atenção para a procura pelo atendimento no início dos sintomas da Covid-19, também trouxe a informação de que a maioria dos casos que a Saúde de Jales tem recebido, são oriundos de festas e encontros familiares.

Se no início da pandemia a dificuldade em rastrear os casos era altíssima, com rastreamento de possíveis viagens sendo prioridade, hoje a análise passou a ser diferente a partir da contaminação comunitária: "A maioria dos casos que temos recebido são frutos de encontros familiares, festas familiares. Famílias inteiras doentes e alguns gravemente doentes correndo risco de perderem as suas vidas!", disse a médica.

"Pessoas que sintam algum desconforto, mesmo que leve, arrepio, febre, dor de gargante, dor de cabeça, dor no corpo ... tem gente que não tem sintoma gripal, apenas digestivo, náusea, vômito, diarreia. É necessário que vocês procurem o serviço de atendimento médico no início dos sintomas pra colher o exame e ver se você é uma pessoa que pode se complicar após a passagem dos primeiros cinco dias!", concluiu.

Até o último boletim disponibilizado com dados da Vigilância Epidemiológica, Jales registrava 1080 casos positivos com 750 curados e 19 óbitos. 333 pessoas são consideradas suspeitas e aguardam resultado de exames.

Receba diariamente o FocoNews em seu WhatsAppSalve o nosso número e envie "notícias" para (17) 99623-1183 para receber as informações do FocoNews diariamente em seu celular. Se preferir, clique aqui para iniciar uma conversa direta no nosso WhatsApp. O processo é o mesmo, ok? Salvar o número e enviar a palavra "notícias".


Publique um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
FocoNews - Conectou, virou notícia!
FocoNews - Conectou, virou notícia!