BANNER MASTER INTERNO

FocoNews - Conectou, virou notícia!

 


Em decisão publicada na quinta-feira, 25, o juiz Fábio Antonio Camargo Dantas, novo titular da 1ª Vara Criminal de Jales, aceitou a denúncia ajuizada pelo Ministério Público em dezembro de 2019 contra a ex-tesoureira Érica Cristina Carpi e uma de suas irmãs, ambas acusadas de lavagem de dinheiro.

Érica teria utilizado uma conta bancária da irmã, para movimentar cerca de R$ 215 mil desviados das contas da Prefeitura de Jales no período de janeiro de 2013 a dezembro de 2016. Segundo o Ministério Público, a irmã de Érica passou o cartão e a senha para que a ex-tesoureira movimentasse a conta e, em pagamento pela cessão da conta, recebia uma mesada que variava de R$ 2 mil a R$ 3 mil.

Um detalhe: a irmã de Érica envolvida nesse processo não é a mesma – Simone Paula – que administrava uma loja da família em Santa Fé do Sul e que chegou a ser presa, juntamente com o marido Marlon, quando da deflagração da operação “Farra no Tesouro”, lá em 2018.

Outro detalhe, o juiz Fábio Camargo Dantas veio de Cruzeiro, cidade do Vale do Paraíba, onde era o titular da 2ª Vara Cível da Comarca. Aqui em Jales, ele assumiu a 1ª Vara Criminal, que era ocupada por uma juíza substituta – Ana Flávia Jordão Ramos Fornazari – desde a aposentadoria do doutor Eduardo Henrique de Moraes Nogueira.

Fonte: BlogDoCardosinho

Receba o FocoNews em seu WhatsApp
Salve o nosso número e envie "notícias" para (17) 99623-1183 para receber as informações do FocoNews diariamente em seu celular. Se preferir, clique aqui para iniciar uma conversa direta no nosso WhatsApp. O processo é o mesmo, ok? Salvar o número e enviar a palavra "notícias".

Publique um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
FocoNews - Conectou, virou notícia!