BANNER MASTER INTERNO

FocoNews - Conectou, virou notícia!

Uma moradora do Jardim do Bosque ajuizou uma ação de reparação por danos contra a Prefeitura de Jales e a empresa de asfalto Noromix Ltda. Na ação, protocolada na semana passada junto ao Fórum local, ela está pleiteando indenizações que totalizam mais de R$ 1,5 milhão.

Funcionária de um supermercado no Jardim Paraíso, a mulher passava todos os dias pela ponte que liga o Jardim do Bosque ao bairro São Judas Tadeu, na Rua Dezenove, até que se iniciaram os serviços de construção de galerias e recapeamento executados pela Noromix, quando a ponte foi interditada e a mulher passou a fazer outro trajeto, bem mais longo, para chegar ao trabalho.

Sucedeu que, no dia 15 de novembro de 2020, ela percebeu que a ponte já não tinha qualquer sinalização impeditiva de trânsito, de modo que, acreditando que a mesma já estava liberada para o tráfego, resolveu encurtar o caminho.

Ao passar pela ponte, com sua Honda Bizz, ela se desequilibrou e o que era para ser uma simples queda, com alguns arranhões, transformou-se em algo bem mais grave, uma vez que, de repente, abriu-se uma cratera pela qual ela despencou por longos sete metros abaixo, sofrendo gravíssimas lesões.

Socorrida pelo Corpo de Bombeiros, a vítima foi internada e submetida a tratamentos intensos e dolorosos. Não obstante o empenho dos médicos, restaram-lhe sequelas de natureza permanente que a impossibilitam de se locomover e realizar até as tarefas domésticas mais leves.

Segundo seu advogado, a moradora do Jardim do Bosque “encontra-se totalmente incapacitada para o exercício de qualquer atividade profissional” e está impossibilitada inclusive de cuidar de sua filha, de três anos. Por isso, ele está solicitando que a Prefeitura e a Noromix paguem, juntas, uma indenização por danos morais de R$ 500 mil.

Além disso, o advogado, considerando que a mulher tinha apenas 36 anos à época do acidente e ganhava cerca de R$ 1,8 mil por mês com funcionária do supermercado, está requerendo que a Prefeitura e a empresa paguem – em parcela única – o valor de R$ 1,07 milhão correspondente ao que ela ganharia até os 78 anos. A ação está tramitando na 3ª Vara Cível de Jales, cujo titular é o juiz Adílson Vagner Ballotti.

Por: Blog do Cardosinho

Receba o FocoNews em seu WhatsApp
Salve o nosso número e envie "notícias" para (17) 99623-1183 para receber as informações do FocoNews diariamente em seu celular. Se preferir, clique aqui para iniciar uma conversa direta no nosso WhatsApp. O processo é o mesmo, ok? Salvar o número e enviar a palavra "notícias".

Publique um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
FocoNews - Conectou, virou notícia!