BANNER MASTER INTERNO

FocoNews - Conectou, virou notícia!


Uma portaria do Ministério da Saúde desautoriza o funcionamento de 12 leitos de Unidade de Terapia Intensiva para tratamento de pacientes com a Covid-19 no noroeste paulista.

De acordo com a portaria publicada no Diário Oficial desta segunda-feira (5), são quatro leitos a serem desautorizados na Santa Casa de Fernandópolis (SP) e outros oito na Santa Casa de Jales. O documento aponta que o hospital de Fernandópolis é autorizado a ter apenas 10 leitos de UTI, enquanto em Jales são nove.

Com a redução no número de vagas, o valor a ser devolvido ultrapassa R$ 1,1 milhão.

A justificativa anexada ao documento aponta que os leitos extrapolam o quantitativo previsto no Plano de Contingência do Estado. Ao G1, a assessoria de imprensa da Santa Casa de Fernandópolis disse que foi surpreendida pela publicação do Diário Oficial, por isso não tem um posicionamento oficial. Afirmou que os leitos foram credenciados recentemente pela Portaria 373, do dia 2 de março, e que cobrou um posicionamento do Departamento Regional de Saúde (DRS) de Rio Preto.

A Santa Casa de Jales disse que o questionamento deve ser direcionado ao DRS, pois trabalha com os leitos atuais e credenciamento deles. Ao G1, a Secretaria de Estado da Saúde disse que o Ministério da Saúde é o responsável pelo credenciamento e autorização de leitos de UTI em todo o Brasil, bem como pelo custeio da assistência.

"O Governo do Estado de SP tem feito sua parte ao lado dos municípios para expandir a rede de saúde e enfrentar o aumento de casos e internações verificado nesta segunda onda da pandemia de Covid-19. Mesmo sem o credenciamento por parte do Governo Federal", informou a Secretaria.

Fonte: G1

Receba o FocoNews em seu WhatsApp
Salve o nosso número e envie "notícias" para (17) 99623-1183 para receber as informações do FocoNews diariamente em seu celular. Se preferir, clique aqui para iniciar uma conversa direta no nosso WhatsApp. O processo é o mesmo, ok? Salvar o número e enviar a palavra "notícias".


1 Comentários

  1. Mais era só o que faltava. Se com esses leitos a mais está difícil, imagina sem.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
FocoNews - Conectou, virou notícia!