BANNER MASTER INTERNO

FocoNews - Conectou, virou notícia!


A prefeitura de Jales ainda não abriu licitação visando a expansão de novos pontos de luz em importantes ruas e avenidas da cidade, que inacreditavelmente, não possuem o serviço básico. A última ação do poder executivo visando adicionar novos bicos de luz foi no ano de 2017, que contemplou poucos lugares.

Os locais mais atingidos pela escuridão são as marginais da rodovia Euclides da Cunha, como a Ayrton Senna da Silva, Alcebíades Bernardo, Áureo Fernandes de Faria e Dr. Eduardo Ferraz Ribeiro do Valle.

Essas duas últimas, por sinal, irão receber dois grandes empreendimentos que estão com obras avançadas, sendo um rodo posto e um supermercado atacado. Muito em breve, com os estabelecimentos inaugurados, certamente o fluxo de pessoas irá aumentar nas vias e o poder executivo precisa agir rápido, antes da inauguração de ambas empresas, pois um processo licitatório é amplo e burocrático.

As marginais não são, portanto, as únicas vias sem luz. A avenida Vitória Brasil, que é a entrada dos bairros João Batista Colodetti e Dr. Pedro Nogueira, também é escura. Próximo dali as avenidas Lima Barreto e Tupã, no Jardim Arapuã, possuem apenas um lado de iluminação, a exemplo da avenida Nações Unidas, no  Jardim Santo Expedito. Ainda dá pra citar a avenida Antônio Pavan, na COHAB Vereador Santo Hernandes Argentina, que é outra via prejudicada pela falta de iluminação.

Rede atacadista "Leve Mais" já tem obras avançadas na marginal Dr. Eduardo Ferrar Ribeiro do Vale, que ainda não tem iluminação pública

Paralelo ao problema da inexistência de luz, iluminações ornamentais já existentes também precisam ser substituídas. Na avenida Paulo Marcondes, a avenida da Igreja Batista, muitos postes foram arrancados com acidentes que aconteceram ao passar dos anos e não mais repostos, gerando escuridão em diversos pontos da via. Isso também acontece na Avenida Lourival de Souza, importante via de acesso aos novos e planejados bairros Vila Mariana e Maria Gabriela.

A CIP – Contribuição de Iluminação Pública é um imposto cobrado e pago por todos os munícipes, e a prefeitura deve melhorar o serviço ofertado na cidade levando luz onde ainda não tem. Vale lembrar que manutenção de lâmpadas apagadas, acesas durante o dia, piscando ou fracas, o problema deve ser comunicado a empresa Malta, responsável pelo serviço em Jales, através dos telefones 0800 761 1212, (17)3422-1212 ou mandar mensagem pelo WhatsApp (17) 99631-9867.



Receba o FocoNews em seu WhatsApp
Salve o nosso número e envie "notícias" para (17) 99623-1183 para receber as informações do FocoNews diariamente em seu celular. Se preferir, clique aqui para iniciar uma conversa direta no nosso WhatsApp. O processo é o mesmo, ok? Salvar o número e enviar a palavra "notícias".


Publique um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem