BANNER MASTER INTERNO

FocoNews - Conectou, virou notícia!
Obra de 2016 foi realizada com madeiras devido a falta de recursos

Na última quinta-feira, 29 de julho, a prefeitura de Jales publicou no Diário Oficial a abertura de licitação, na modalidade tomada de preço, visando a contratação de empresa especializada para construção de ponte de concreto armado na Rua 19, que liga os Bairros “São Judas Tadeu” e “Jardim do Bosque”, sobre o Córrego “Tamboril”, no município, com fornecimento de materiais, equipamentos e mão de obra. A ponte terá dimensões de 11 m x 8,40m x 44 m.

O valor do convênio assinado em 30 de junho de 2021 no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo, pelo prefeito Luis Henrique Moreira junto ao governo do Estado, é de mais de R$ 429 mil. A contrapartida municipal será de quase R$ 22 mil.

A obra em questão é aguardada há muitos anos pelos moradores por se tratar de um trecho com grande movimento entre importantes bairros da cidade. A ponte também irá desafogar o trânsito da Avenida “Paulo Marcondes”, entre o trecho da “Praça da Abolição” (rotatória da Vila União) e “Praça Luiz Botton” (rotatória do aeroporto), local que até a conclusão da ponte, é a única alternativa para o acesso aos bairros mencionados e ao “Parque Industrial I – José Antônio Caparroz”, que recebe diariamente trabalhadores das empresas e indústrias instaladas no bairro e nas margens das rodovias “Euphly Jalles” e “Victório Prandi”.


O pequeno e importante trecho da Rua 19 é problemático há muito tempo. As volumosas chuvas que Jales recebeu no passar dos anos aumentaram os buracos, como mostra a imagem acima, de janeiro de 2013. 

De lá pra cá, a estrutura da ponte foi se comprometendo. Antigamente a ponte era de aduelas de concreto armado, e foi arrastada pelo grande volume de água que escoa naquele local com a incidência de chuvas. Devido a isso, em 2016, a Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Meio Ambiente do município instalou uma ponte de madeira devido a falta de recursos. Essa também não teve vida longa e a interdição do trecho algum tempo depois foi a alternativa viável do poder executivo. 

Com a nova ponte, a expectativa é que o problema será definitivamente sanado e o trecho liberado.

Receba o FocoNews em seu WhatsApp
Salve o nosso número e envie "notícias" para (17) 99623-1183 para receber as informações do FocoNews diariamente em seu celular. Se preferir, clique aqui para iniciar uma conversa direta no nosso WhatsApp. O processo é o mesmo, ok? Salvar o número e enviar a palavra "notícias".



Publique um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem