BANNER MASTER INTERNO

FocoNews - Conectou, virou notícia!


O vereador Ricardo Gouveia (PP), em Sessão Ordinária (26), apresentou um requerimento questionando a Prefeitura se a empresa que executou a obra de construção da galeria no bairro São Judas Tadeu recebeu integralmente pelos serviços prestados.

O parlamentar justificou que a obra realizada na galeria na Rua Joaquim Catarino, no bairro São Judas Tadeu, está em péssima situação, pois não foi feito o conserto correto do asfalto depois que foi instalada a galeria, tendo sido jogado cimento para tapar alguns buracos.

Gouveia comentou o requerimento: “As empresas fazem as obras do jeito que querem, não terminam e quando terminam deixam pela metade. Fui lá ver essa obra, o serviço é de péssima qualidade, o asfalto não foi refeito onde foi retirado, foi jogado cimento. Hoje tem um desnível perto da sarjeta com 40 centímetros, tem o risco de alguém cair. Gostaria de saber se o atual secretário fiscalizou a obra, o porquê não foi feito o asfalto e se foi pago o valor total da obra. Está a maior dificuldade para a empresa voltar lá e fazer o asfalto e quem sofre é a população”.

O vereador Bruno de Paula (PSDB) apoiou a propositura: “A Prefeitura tem que saber a idoneidade da empresa, se tem condições de executar as obras. Nada do que está sendo construído foi barato, tudo tem um custo muito alto, a população que está pagando e merece um serviço de boa qualidade. Temos que saber do Poder Executivo se foi fiscalizado, o que foi pago”.

O vereador indagou se o secretário municipal de Obras foi ao local para emitir parecer de conclusão e se a atual Administração executou alguma medida em relação à construção dessas galerias.

O requerimento foi aprovado por unanimidade e encaminhado à Prefeitura, que tem até 15 dias úteis para encaminhar a resposta. Todos os requerimentos e respostas ficam disponíveis ao público no site da Câmara Municipal (www.jales.sp.leg.br).

Por: Câmara de Jales

Receba o FocoNews em seu WhatsApp
Salve o nosso número e envie "notícias" para (17) 99623-1183 para receber as informações do FocoNews diariamente em seu celular. Se preferir, clique aqui para iniciar uma conversa direta no nosso WhatsApp. O processo é o mesmo, ok? Salvar o número e enviar a palavra "notícias".




Publique um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem