FocoNews - Conectou, virou notícia!

O Governo de São Paulo, em parceria com a Agência Alemã para o Desenvolvimento Sustentável no Brasil (GIZ), está capacitando técnicos e técnicas do município de Jales pelo Projeto Municípios Paulistas Resilientes (PMPR) para a elaboração do Plano Municipal de Adaptação e Resiliência Climática.

A capacitação está dividida em oito módulos complementares, explica o coordenador geral do curso pela Imaflora, Igor Reis de Albuquerque. “Com a liderança da secretária municipal de Agricultura e Meio Ambiente e interlocutora, Sandra Gigante e a participação dos interlocutores Álvaro Gonçalves de Souza Júnior e Paulo Fernando Corrêa, já aplicamos a lente climática e a avaliação de tendência. Estamos confiantes na entrega desse importante trabalho para a população”, destacou.

Todo trabalho está sendo coordenado pela Assessoria Internacional da Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente (SIMA) e conta também com a participação das pastas de Desenvolvimento Regional (SDR) e da Defesa Civil. A aplicação do treinamento vai servir de base para a estruturação de um curso EAD, que será replicado para os 645 municípios do Estado de São Paulo.

“Recentemente o Governador João Doria aderiu às campanhas da ONU com o foco na redução das emissões dos gases de efeito estufa e o aumento do sequestro de carbono para mitigar o impacto negativo da crise climática (Race to Zero) e em adaptação e resiliência climática (Race to Resilience). O PMPR é um importante exemplo de ação para preservar o planeta para as futuras gerações”, destacou o secretário de Estado de Infraestrutura e Meio Ambiente, Marcos Penido.

De maneira pioneira no país, o governo paulista vai disponibilizar para a utilização dos municípios um site com dados atualizados georreferenciados, informações relacionadas aos temas de recursos hídricos, infraestrutura, biodiversidade, uso do solo e aspectos sociais. Além disso, os interlocutores municipais serão capacitados a utilizar estes dados para identificação de suas vulnerabilidades climáticas e se prepararem para o seu enfrentamento.

“As mudanças climáticas são uma realidade e precisamos agir para enfrentar esse desafio elaborando planos locais e integrando nossa região”, comentou o prefeito Luis Henrique Moreira.

Os trabalhos seguem os fundamentos do programa “Construindo Cidades Resilientes” da ONU e fazem parte do Convênio de Cooperação Técnica para a capacitação e melhora da resiliência no Estado de São Paulo frente aos riscos advindos das alterações climáticas.

“É fundamental o engajamento de governos, empresas, investidores, acadêmicos e lideranças da sociedade no conjunto de ações que vão fortalecer o município frente aos desafios das mudanças climáticas”, explica o assessor técnico do projeto ProAdapta da GIZ, Armin Deitenbach”.

Além de Jales fazem parte do projeto Americana, Apiaí, Embu das Artes, Francisco Morato, Gabriel Monteiro, Guaratinguetá, Guarulhos, Iguape, Registro, Rosana, São José do Rio Preto, Ubatuba e a região da Baixada Santista.

Guia MPR

Para auxiliar os municípios foi elaborado um guia com um kit de ferramentas para facilitar a aplicação do trabalho. O material se destina principalmente a gestoras e gestores públicas/os e ao pessoal técnico envolvido com a temática de adaptação e resiliência no âmbito municipal e regional no estado de São Paulo. O conteúdo é destinado ainda aos membros de projetos e organizações que atuam na área, além de tomadores e tomadoras de decisões em todos os níveis e esferas de governança. Para conferir acesse o link:

https://smastr16.blob.core.windows.net/municipiosresilientes/sites/257/2021/09/guia_-adaptacao-e-resiliencia-climatica-para-municipios-e-regioes_final.pdf

COP26


Com o tema da mudança climática em destaque ocorrerá entre os dias 1 e 12 de novembro em Glasgow, na Escócia, a Convenção-Quadro da Mudança do Clima das Nações Unidas (UNFCCC, do inglês United Nations Framework Convention on Climate Change), que contará com a participação de representantes do Governo do Estado de São Paulo, de municípios paulistas e de empresas com atuação no estado. A Conferência das Partes – COP é o principal órgão do clima da Organização das Nações Unidades para debater as questões climáticas.

A Convenção conta com 197 países participantes que irão debater sobre os quatro tópicos principais desta edição: 1. Assegurar net-zero até meados do século e manter a temperatura do planeta em 1,5 grau, 2. Adaptar-se para proteger comunidades e habitats naturais, 3. Mobilizar recursos financeiros e 4. Trabalhar juntos rumo às entregas.

Sobre a GIZ


A Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ) Gmbh é uma empresa do Governo Federal alemã para cooperação técnica que atua no Brasil na promoção do desenvolvimento sustentável há quase 60 anos. A Cooperação Técnica entre o Brasil e a Alemanha, no projeto “Apoio ao Brasil na implantação da sua Agenda Nacional de Adaptação à Mudança do Clima (ProAdapta)”, visa contribuir para o aumento da resiliência climática do país.

Desde agosto de 2020, a GIZ atua em um convênio com o Governo do Estado de São Paulo. Juntos, SIMA e GIZ implementam o “ Projeto Municípios Paulistas Resilientes (PMPR)” com o objetivo de capacitar os municípios na elaboração de seus Planos de Adaptação e Resiliência à Mudança Climática e assim criar as bases para replicar o trabalho para os 645 municípios paulistas tornando o Estado mais preparado para enfrentar as adversidades do clima.

Por: Secretaria de Comunicação

Receba o FocoNews em seu WhatsApp
Salve o nosso número e envie "notícias" para (17) 99623-1183 para receber as informações do FocoNews diariamente em seu celular. Se preferir, clique aqui para iniciar uma conversa direta no nosso WhatsApp. O processo é o mesmo, ok? Salvar o número e enviar a palavra "notícias".



Publique um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
FocoNews - Conectou, virou notícia!