A primeira controvérsia musical do "BBB22" começou ainda no confinamento. Naiara Azevedo, uma das participantes do programa que estreia nesta segunda-feira (17), anunciou que tem 12 músicas prontas, que podem ser lançadas ao longo do reality.

Uma faixa em parceria póstuma com Marília Mendonça foi alvo de críticas do irmão da cantora, João Gustavo. A equipe de Naiara Azevedo disse que foi uma "homenagem carinhosa". Mas a família se diz magoada com a cantora por não ter sido procurada e afirma que não há liberação para o lançamento.

A entrada de Naiara na casa com um álbum pronto lembra o plano do sertanejo do BBB anterior, Rodolffo. Ele chegou om um DVD pronto com o companheiro Israel. A dupla se deu bem, com a música "Batom de cereja" no posto de mais tocada do ano no Brasil.

A inclusão da faixa "50 porcento" no projeto de Naiara foi alvo de críticas de João Gustavo. Ele disse, no Twitter, que Naiara entrou no BBB para "se promover", que ela não iria "tirar o nome da minha irmã da boca" e que não iria aceitar "ninguém ganhar em nome dela".

Equipe de Naiara explica projeto

A equipe de Naiara Azevedo, ao rebater as críticas do irmão, descreveu ao g1 o projeto do álbum "Naiara Azevedo - Baseado em fatos reais" e disse que "as duas cantoras sempre tiveram um relacionamento de respeito na música e no âmbito pessoal".

Segundo a equipe de Naiara, o clipe de "50 porcento" foi gravado em 2020, para um projeto dela chamado "Juntas", que teria parcerias com outras mulheres. Mas o lançamento ficou aguardando autorização da gravadora de Marília, diz a equipe. Este projeto acabou não saindo.

A autorização para o lançamento de "50 porcento" teria sido dada só no final de 2021, sem uma data definida (o que a família nega; leia mais abaixo).

Naiara decidiu incluir a faixa no álbum e "optou por regravar a canção como uma forma carinhosa de homenagear a cantora, inserindo imagens do videoclipe no telão de seu novo DVD", diz a equipe.

Naiara Azevedo é coautora de "50 porcento", junto com Dener Ferrari, Vinni Miranda, Rafael Quadros e Waleria Leão.

Por enquanto, há data certa para o lançamento apenas da primeira faixa, "Nem Te Culpo", que chegará às plataformas digitais no dia 19 de janeiro. "Naiara Azevedo - Baseado em fatos reais" também tem participações especiais de Ícaro & Gilmar, Gabriel Gava e Humberto & Ronaldo.

Família reafirma críticas

Após a publicação deste texto a família de Marília Mendonça divulgou um comunicado em que reafirma as críticas a Naiara Azevedo e afirma que não há liberação para o lançamento da faixa com a voz e a imagem de Marília.

Eles dizem que a cantora anunciou o lançamento póstumo sem procurar a família, ao contrário de outros artistas. O texto afirma que todas as músicas autorizadas por ela serão lançadas e cita mágoa pela "maneira estratégica de usar a mídia para forçar a liberação". Leia:

"Estamos aqui com a missão de cumprir a vontade da Marília, todas as músicas autorizadas por ela em vida serão lançadas, como ela queria. O que nos magoa é usar a mídia de maneira estratégica para forçar a liberação, sem ao menos nos comunicar. Todos os artistas, têm tido o respeito de nos procurar. Nunca fomos contatados pela Naiara ou por ninguém da equipe dela. Os motivos para a negativa sempre coube a Marília. E nós iremos respeitar sempre a vontade dela, outras músicas ainda serão lançadas porque era o desejo dela. Infelizmente, temos lidado com este tipo de coisa diariamente. Não peçam para quem vive a dor se conformar com tudo, porque o que temos é muito maior, lidamos com a perda da filha, da irmã e da mãe, não se trata única e exclusivamente da artista Marília Mendonça".


Fonte: G1

Receba o FocoNews em seu WhatsApp

Salve o nosso número e envie "notícias" para (17) 99623-1183 para receber as informações do FocoNews diariamente em seu celular. Se preferir, clique aqui para iniciar uma conversa direta no nosso WhatsApp. O processo é o mesmo, ok? Salvar o número e enviar a palavra "notícias".




Publique um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
FocoNews - Conectou, virou notícia!
FocoNews - Conectou, virou notícia!