A Prefeitura de Jales, através da Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Meio Ambiente e em parceria com a Empresa Venturini Mármores e Granitos, lançou campanha para recolhimento de pilhas e baterias de celulares usadas. A iniciativa é de extrema importância para que a população faça o descarte correto e não jogue em lixo doméstico ou fique armazenando esses materiais em suas casas.

Serão disponibilizados cinco pontos de coleta que ficarão instalados na Prefeitura de Jales localizada na Rua 05, nº. 2266, no Centro; na sede da Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Meio Ambiente, localizada na Rua Nova Iorque, nº. 1016, no Jardim Monterrey; no Comboio de Jales, localizado na Avenida Jânio Quadros, no Centro; no Terminal Rodoviário, localizado na Rua 03, nº. 1278, no Centro e na Escola Municipal Iracema Pinheiro Candeo – Lola, na Rua Mirassol, no bairro do JACB.

É importante ressaltar que quando pilhas e baterias são descartadas inadequadamente, elas podem ser amassadas ou estourar, deixando vazar o líquido tóxico de seus interiores. Por não serem biodegradáveis, essas substâncias se acumulam na natureza, contaminando o solo e os lençóis freáticos, atingindo até rios e lagos.

De acordo com a secretária de Agricultura e Meio Ambiente, Sandra Gigante, “o contato com essas substâncias também pode prejudicar o nosso organismo, causando doenças no sistema nervoso, rins, ossos e o agravamento dessas doenças pode levar ao câncer. Por isso, devemos sempre descartar pilhas e baterias em locais apropriados, onde seja feita a coleta desse material para reciclagem, e não nos lixos comuns”.

As escolhas para aquisição e uso desses tipos de produto fazem parte do primeiro passo para o descarte correto de pilhas e baterias: opte por pilhas recarregáveis, pois têm mais durabilidade; as pilhas alcalinas não contêm metais pesados em sua composição, já as pilhas comuns (inclusive as recarregáveis) possuem mercúrio, cádmio e chumbo e devem ser devolvidas ao fabricante após o uso; não adquira produtos piratas, pois a procedência duvidosa pode trazer materiais mais tóxicos do que os regulamentados.

Também é importante verificar se a embalagem contém informação de que a pilha pode ser descartada no lixo comum, além de retirar as pilhas dos equipamentos que ficam muito tempo sem uso e nunca guardar pilhas e baterias em locais expostos ao calor e à umidade, para evitar vazamento do seu conteúdo.

Por: SeCom


Receba o FocoNews em seu WhatsApp
Salve o nosso número e envie "notícias" para (17) 99623-1183 para receber as informações do FocoNews diariamente em seu celular. Se preferir, clique aqui para iniciar uma conversa direta no nosso WhatsApp. O processo é o mesmo, ok? Salvar o número e enviar a palavra "notícias".


Publique um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
FocoNews - Conectou, virou notícia!
FocoNews - Conectou, virou notícia!