Troco Solidário

FocoNews - Conectou, virou notícia!

POUPATEMPO

Foto: Reprodução/Câmeras de Segurança

A mulher ferida ao ser atacada por um cão da raça rottweiler que saltou de um carro em movimento em Ribeirão Preto (SP) tem hematomas, mas se recupera bem. Ela protegeu o cachorro de estimação da família e o marido não deixou o animal chegar perto do filho no momento do ataque.

O dono do animal, no entanto, não foi localizado pela reportagem até a última atualização da matéria. A vítima disse que vai registrar um boletim de ocorrência sobre o caso.

Como fazer o transporte correto?

O adestrador Sérgio Cantadeiro explicou qual a forma correta de transportar um animal de estimação nos veículos. Segundo ele, é obrigação do dono do animal e proprietário do veículo fazer o transporte adequado.

"Ele tem que estar preso por algo, porque, se acontece alguma coisa na frente e você tem que dar uma brecada, o cachorro voa", disse.

A forma mais indicada, segundo Cantadeiro, é fazer o transporte na caixa de contenção. Quem não providenciou uma, no entanto, pode seguir as opções até que o item esteja disponível:
  • Usar coleira ao invés de enforcador, para não machucar o cachorro;
  • Usar um dispositivo - que pode ser encontrado em petshops - para prender a coleira no cinto do carro;
  • Para quem quer mais segurança ainda, é recomendado o uso de peitoral. A pessoa que não tem o dispositivo para prender no cinto, pode prender a coleira do cão na própria porta do carro;
  • Vidro de, no máximo, quatro dedos de abertura, para não acontecer do animal pular;
  • Jamais deixar o animal viajar no banco da frente ou no colo. Também é possível levar no porta-malas do mesmo modo.

O que diz a mulher atacada?

A família da recepcionista Glaucia Nanci de Souza passeava com o animal na noite de domingo (5), no bairro Vila Virgínia, quando foi surpreendida pelo rottweiler.

O caso aconteceu no cruzamento das ruas Franco da Rocha e Barão de Mauá e foi flagrado por câmeras de segurança.

Nas imagens, é possível ver que o cachorro pula a janela do veículo em movimento e corre na direção da família. O homem pegou a criança no colo e a mulher pegou o cão de estimação. Todos correm em direção a uma praça na Rua Franco da Rocha na tentativa de escapar do ataque.

Mesmo assim, é possível ver que o rottweiler consegue atacar a mulher, enquanto ela protege o cão dela, Bob, no colo.

Apenas a recepcionista ficou ferida no ataque, Ela teve arranhões leves no braço e nas costas e está com hematomas. "Foi um desespero total e um medo que ele matasse meu cachorro. Poderia ter sido mais grave, pode atacar uma criança, machucar muito mais", disse.

O que diz a lei?

Dois artigos do CTB falam sobre o transporte seguro e adequado de animais em veículos. O primeiro, de número 235, considera infração grava conduzir pessoas, animais ou carga nas partes externas do veículo, salvo nos casos devidamente autorizados.

O segundo, de número 252, proíbe o motorista de transportar pessoas, animais ou volume à sua esquerda ou entre os braços e pernas. A infração para este tipo de crime é considerada média.

Para o advogado Ricardo Velasco Cunha, mestre em Direito de Trânsito, o dono do rottweiler pode ter cometido infração média e cometido o crime de lesão corporal.

"Ele cometeu dois crimes. O primeiro, de transportar o animal solto, e o segundo, que é lesão corporal de natureza leve, pois ela ficou machucada, sofreu arranhões", afirmou o advogado.

Também advogado, Otávio Bellarde explica que o dono do animal pode ser responsabilizado civil e até criminal pelo caso.

"É muito importante que, nesses casos, sejam respeitados todos os requisitos que a lei determina e que os proprietários de animais estejam sempre cientes e, com muito cuidado, exerçam seu dever de cautela com animais de grande porte".

Fonte: G1

Receba o FocoNews em seu WhatsApp
Salve o nosso número e envie "notícias" para (17) 99623-1183 para receber as informações do FocoNews diariamente em seu celular. Se preferir, clique aqui para iniciar uma conversa direta no nosso WhatsApp. O processo é o mesmo, ok? Salvar o número e enviar a palavra "notícias".


Publique um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
FocoNews - Conectou, virou notícia!
FocoNews - Conectou, virou notícia!